Realizada no segundo semestre de 2019, a iniciativa consistiu em um debate com quatro colaboradoras da agência de jornalismo “É Nóis” que trabalham reportando a realidade de populações estereotipados na cobertura jornalística mainstream.

As convidadas apresentaram aos alunos do curso de graduação de Jornalismo da ESPM SP projetos que garantem a viabilidade financeira da ONG – como o guia de restaurantes Prato Firmeza (de restaurantes das “quebradas”) – além de reportagens especiais produzidas para veículos como UOL, BBC e The Intercept, sempre com o foco na perspectiva e na linguagem de quem mora nas periferias da cidade de São Paulo.

O objetivo da atividade foi promover a integração entre alunos do curso de jornalismo da ESPM e jovens que buscam transformar a linguagem jornalística, abrindo espaços plurais de representação das comunidades, buscando inspirá-los e sensibilizá-los aos diferentes contextos sociais a serem considerados e incluídos na cobertura midiática.

Para saber mais sobre o trabalho da ONG, acesse: https://enoisconteudo.com.br

 

********************************
Você conhece os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) propostos na Agenda 2030 da ONU?
Essa iniciativa se alinha aos ODSs 4, 10 e 16. Para saber mais, acesse: https://nacoesunidas.org/pos2015/