Em sua sétima edição, a Jornada de Jornalismo da ESPM-SP, foi promovida em setembro de 2018,  com o tema a violência de gênero.

O evento contou com a participação de Juliana Faria, fundadora da ONG Think Olga, Deborah de Mari, fundadora do “Força Meninas”, Dina Thrascher, oficial de imprensa e de diplomacia pública do Consulado Geral do Canadá, em São Paulo e a professora Francine Altheman, da ESPM.

Os objetivos foram identificar as principais características que envolvem a violência de gênero, abordando a erotização precoce das meninas com consequências que variam desde a “baixa autoestima, depressão, automutilação, estimulação sexual precoce, consumo precoce de álcool, drogas e tabaco e encorajamento ao consumismo e a passividade e conformismo”, listados pela fundadora do “Força Meninas”.

Outra atividade foi a mesa ‘Jornalismo colaborativo contra a desinformação’, liderada pelo jornalista Daniel Bramatti, do projeto Estadão Dados e presidente da ABRAJI (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), que trouxe uma discussão da prática jornalística na atualidade, abordando questões como a desinformação e a credibilidade da imprensa.

 

********************************
Você conhece os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) propostos na Agenda 2030 da ONU?
Essa iniciativa se alinha aos ODSs 4, 5 e 16. Para saber mais, acesse: https://nacoesunidas.org/pos2015/