O Conto de Cananéia narra um projeto não linear de design social que inicia seu percurso em 2013.

O projeto teve como ponto de partida uma expedição ciclística onde uma bicicleta carregada de significados foi utilizada como ferramenta de pesquisa etnográfica em uma viagem por mais de 250 KM pelo Vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo.

A partir dessa expedição e sua análise, o município de Cananéia foi escolhido como foco de atuação para uma segunda etapa, com dois novos subprojetos. O primeiro, visava o desenvolvimento socioeconômico do município a partir da criação de um plano estratégico de turismo de base comunitária. O segundo propunha a valorização e o resgate cultural da região a partir da comunicação social. Ambos os subprojetos foram colaborativos, utilizando o conhecimento e a ajuda de habitantes locais, como: artesãos, músicos, pescadores e pequenos comerciantes.

Como parte desse trabalho, foram produzidos um mind-map, cartazes, exposição de fotos, catalogação de contos, receitas e do falar tradicional – traduzindo um pouco da diversidade região, que inclui caiçaras, guaranis e remanescentes quilombolas.

Todo projeto, da pesquisa inicial ao diário da expedição e soluções propostas, foi sistematizado em forma de livro – cuja a capa foi produzida por artesãs locais, utilizando a fibra de bananeira.

O conteúdo, na íntegra, pode ser acessado em: O Conto de Cananéia

 

********************************
Você conhece os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) propostos na Agenda 2030 da ONU?
Essa iniciativa se alinha aos ODSs 4 e 11. Para saber mais, acesse: https://nacoesunidas.org/pos2015/